Arenas Culturais para a Copa do Mundo

Por Lara Aliano – Ascom/MinC
A partir desta quinta-feira (4), até o dia 8, os cidadãos brasileiros poderão ajudar a escolher o projeto das Arenas Culturais para a Copa do Mundo Fifa 2014, em votação no site do Ministério da Cultura (MinC).
A votação popular para a eleição do projeto vencedor é a segunda etapa do Concurso Nacional de Arquitetura Arenas Culturais, realizado pela pasta dentro do conjunto de ações do governo federal para o Mundial de Futebol.
O público poderá escolher o projeto de Chirochi Shimizu, de Santa Catarina, ou o da Oficina AO SC Ltda, do Rio de Janeiro. Para conhecer os projetos concorrentes e votar em uma das Arenas Culturais, basta acessar o site  http://arenas.cultura.gov.br. Serão solicitados o nome completo, o CPF, o email e o estado em que reside o participante.
A proposta das Arenas Culturais é reunir a produção cultural brasileira em espaços coletivos de convivência e fruição imersiva com os seguintes focos: Brasil Diverso; Brasil Audiovisual; Brasil Criativo; e Brasil das Artes. Esse conjunto permitirá uma visão complexa da diversidade cultural do país, unindo as 12 cidades-sede da Copa do Mundo.
Assinatura de contrato
O projeto arquitetônico que obtiver maior número de votos será premiado com R$ 25 mil e, além disso, o proponente assinará um contrato no valor de R$ 315 mil com o Ministério da Cultura para desenvolver os projetos executivos de arquitetura e engenharia. O segundo colocado receberá R$ 15 mil, de acordo com o edital.
As próximas etapas do concurso acontecem no dia 9 de outubro com a validação da votação e, no dia 10, com a cerimônia de premiação, na qual estará presente a ministra Marta Suplicy e os concorrentes. O evento será realizado em Salvador, no Palácio Rio Branco, às 17h.
Os dois projetos que participam da votação popular foram selecionados durante reunião da comissão do Concurso Nacional de Arquitetura Arenas Culturais, em 19 de setembro. Segundo a coordenadora do GT Copa MinC e assessora especial do Ministério da Cultura, Morgana Eneile, cinco projetos foram inscritos no concurso, sendo quatro deles apresentados à comissão julgadora. No entanto, dois projetos apresentados foram desclassificados pela natureza do trabalho e por não atender às especificidades do Edital e do Termo de Referência. Portanto, só haverá premiação para o 1º e 2º colocados.
Compuseram a comissão julgadora Elza Castro, da Diretoria de Infraestrutura Cultural do MinC;  Carlos de Barros, da Prefeitura de Recife; Carmen Nunes, da Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul; Sônia Del Castillo, da Funarte/MinC; e Virginia Gomes, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

FONTE: http://www.cultura.gov.br/site/2012/10/04/projeto-das-arenas-culturais-para-a-copa-do-mundo/

Marcelo Lopes
Sobre Marcelo Lopes 262 Artigos
Historiador, produtor cultural, escritor, artista gráfico e técnico-analista em projetos culturais.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*