Desenhos de TV como nunca se viu

Por Marcelo Lopes

Nossa infância é cheia de arquétipos que contribuem para formar nossa personalidade. Nas histórias para crianças há sempre o bem e o mal, o herói e o vilão, a mocinha, o amigo engraçado, a madrasta má. Nos desenhos infantis de TV estes mesmos arquétipos se repetem, hoje em maior ou menor grau de mediação pelo famigerado politicamente correto. Compõe um mundo simbólico que não necessariamente equivale à realidade, mas contribui para possamos interpretá-la.

O tempo passa e estas historinhas que preenchem nossas memórias ainda se alinham com nossas afetividades, mas começamos a nos perguntar sobre outras coisas, a partir da nossa perspectiva adulta. Se temas como sexo são ignorados – e tão desnaturalizados – é curioso pensar como Fred e Vilma Flintstone tiveram a linda Pedrita, como nasceu o Bambam e como é a vida conjugal dos Jetsons.

Roteiros infantis à parte, alguns desenhistas – dando asas a todo um universo imaginativo reprimido – deram conta de um lado íntimo dos nossos personagens do coração, com sugestões bem além do tradicional papai-e-mamãe. Porque os arquétipos também dão conta do desejo, é claro.

jabs 04
jabs 02
jabs 03
jabs 01
jabs 05
jabs 06
jabs 07
jabs 08
jabs 09
jabs 10
jabs 11
jabs 12
jabs 13
Marcelo Lopes
Sobre Marcelo Lopes 263 Artigos
Historiador, produtor cultural, escritor, artista gráfico e técnico-analista em projetos culturais.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*