Mostra Cinema Conquista em Cartaz

Por Marcelo Lopes
 
Em cem anos da história do cinema em Vitória da Conquista (1912-2012), algumas questões são fundamentais para compreender porque, muito longe da dinâmica da capital do estado, com seus fluxos e economias, a maior cidade do sudoeste vem se tornando o principal representante do cinema e do audiovisual na Bahia. 

Podemos começar a falar de Glauber Rochacomo primeira referência – uma grande referência! – mas, em si mesma, ela se esgotaria na breve e explosiva passagem deste conquistense de fabuloso talento e inquietação cultural pelas nossas paragens terrenas no início dos anos 80. No entanto, Conquista não se limitou a ser a terra natal de Glauber e buscou transformar a empatia pela Sétima Arte em uma característica da identidade local. 

Em 1999, num evento chamado “Cinema Brasil: uma história comentada”, promovido pelo Programa Janela Indiscreta Cine-Vídeo Uesb, no Teatro Glauber Rocha, o então ministrante do curso, o cineasta Walter Salles (Central do Brasil e Na Estrada), tecia elogios – com reconhecido e grato sentimento – quanto ao conhecimento e envolvimento dos participantes do seminário com o sentido vívido do cinema.Expresso em inquietações, projetos, sonhos, curiosidades, realizações e, sobretudo, em práticas que vão e voltam na compreensão de que o cinema é mais que entretenimento, a população permanece no ritmo de uma consciência construída ao longo das últimas décadas.
As conquistas do município vão desde projetos que põem o cinema e o audiovisual como foco educacional como a recente Mostrinha de Cinema Infantil, mas também com iniciativas anteriores como o “Cinema: eis a questão”, que seleciona e trabalha os conteúdos de três filmes para o vestibular da Uesb. Ou mesmo projetos mais antigos na cidade, a exemplo das várias edições da Semana Glauber, o Cine Cidadão, os pontos de exibição de cinema do Espaço Atuar e do Cine SESC e as iniciativas do Encinemando, do Centro Integrado de Educação Navarro de Brito. Pontua-se também os produtores, roteiristas, técnicos, diretores, estudiosos, os agitadores culturais, sem falar do próprio curso de Cinema e Audiovisual da Uesb.
Talvez a vitrine mais ampla dessa manifestação de amor conquistense ao cinema seja materializada na Mostra Cinema Conquista, evento que aglutina de uma forma articulada as experiências e expectativas de cinema mais interessantes desenvolvidas na cidade.
Às portas de mais uma edição, o Sintoma de Cultura rende mais uma vez sua homenagem àqueles que tornam possível sonhar 24 quadros por segundo. Ou, como diria a figura emblemática e saudosa de Jorge Melquisedeque, possibilitam-nos ver “o cinema acontecer aqui mesmo na minha terra, tão de perto, mas tão de perto que a gente chegava a tropeçar nele pelo caminho. 

Release da Mostra 2012:

A Mostra Cinema Conquista – Um olhar para o novo cinema chega a mais uma edição, em 2012, como um dos eventos culturais mais importantes da Bahia. Já são oito anos de esforços incansáveis na busca da democratização do acesso ao cinema nacional. Promovendo a exibição, formação e discussão sobre a sétima arte e sua diversidade, apresentando as recentes realizações por meio de filmes de longas e curtas-metragens, o evento coloca Vitória da Conquista no circuito nacional de difusão audiovisual e como destaque no cenário cultural baiano. Este ano, a mostra será realizada de 07 a 11 de novembro de 2012.Além das exibições, a Mostra Cinema Conquista – Ano 8 trará ao público a realização de conferências, oficinas, lançamentos de livros, exposições e atividades culturais, com acesso gratuito para a população. Tudo isso acontece em um contexto muito especial para a cidade, em que se homenageia, nesta edição, os 20 anos do Programa Janela Indiscreta Cine-Vídeo Uesb, embrião e, depois, impulsionador das ações de cinema em Vitória da Conquista e região; com a instalação do Curso de Cinema da Uesb e, agora, com o projeto para a implantação de um Polo de Cinema em Vitória da Conquista. Por tudo isso, a Mostra Cinema Conquista – Ano 8 destaca-se por ser não apenas um evento de exibição de filmes, mas um lugar de suma importância para o debate, o desenvolvimento e a consolidação do cinema na Bahia.

Maiores informações: http://mostracinemaconquista.com.br/2012/

Marcelo Lopes
Sobre Marcelo Lopes 263 Artigos
Historiador, produtor cultural, escritor, artista gráfico e técnico-analista em projetos culturais.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*