Marcela Bellas: neotropicalista, mas um pouco saudosista

Por Marcelo Lopes

tw_headphones-by-mattoxResultado da massificação das gravadoras multinacionais, não foi mais de uma vez que ouvi por aí que a música brasileira recente vive da mesmice, da infinita mesma coisa, que não se renova e que é refém da agromúsica, dos funks vazios com bundas rechonchudas e de outros gêneros cuja única pretensão é viver de baladas.

Muito disto é verdade, infelizmente, mas com diferenças fundamentais. A primeira delas é que proporcionalmente a tudo de igual que nos empurram ouvido a dentro, duas ou três vezes mais surgem – paralelo a este universo precário – um sem-número de artistas com propostas inteligentes, independentes, repletos de personalidade e talento que dão o contrapeso na nessa nossa alma torturada. O segundo ponto é que hoje não mais dependemos exclusivamente das grandes gravadoras para acessar estes novos trabalhos. Estão todos aí, disponíveis para baixar, ou somente ouvir, já que o CD físico atualmente não é mais a âncora da produção do artista, e a circulação de suas propostas em circuitos de música – materiais ou virtuais – é o principal canal de diálogo com o público.

Marcela Bellas por Dodi Conti divulgaçaoAssim se descortina um mundo de novos sons, vozes e composições, a despeito do argumento falho de que a música brasileira não se renova. Basta procurar por aí. E não precisei de muito para encontrar: foi assim que me conectei ao som de Marcela Bellas.

A cantora e compositora baiana Marcela Bellas mistura samba, pop, dub, trip hop e é tributária assumida dos versos de Caetano Veloso e de tantos outros poetas da MPB. Como ela mesma afirma em seu site oficial, faz música brasileira sim, “Brasil século XXI. Neotropicalista, mas um pouco saudosista”.

Em 2006, lançou seu primeiro EP intitulado “Leve”, em parceria com Tadeu Mascarenhas. Passado três anos, e muitas apresentações na Bahia e em São Paulo, lança em 2009 o CD independente “Será que Caetano Vai Gostar?” (que o próprio Caetano disse ter gostado) com 11 faixas inéditas em parceria com Helson Hart, Mário Mukeka, Hebert Valois e Tenison Del Reym, recebendo ótimas críticas. O disco é de uma deliciosa sonoridade e tem a marca do talento da cantora, com sua voz doce de tempero certo. O trabalho traz ainda uma imprevisível releitura de “Bloco do Prazer”, sucesso de Moraes Moreira e Fausto Nilo.

cohen--marcela-por-deco-cury-2Em 2010, em um trabalho paralelo com o paulistano Daniel Cohen, lançam o CD “MIM: um disco romântico”. Foi uma grata paulada na minha inerte crença que a música romântica a dois tinha perdido a graça. Do início ao fim, a docilidade das canções, cheias de imagens sutis, trazem a poesia cotidiana em trechos como “E eu me sinto confortado/ Ocupado cuidando do brilho do trilho do trem”, da música “Por outro Lado”. Valeu ouvir com carinho.

Atualmente a cantora dedica seu tempo ao novo trabalho “Chega de Chorar de Amor!”, premiado no edital do Natura Musical e com lançamento previsto para outubro de 2013. Fiquem atentos à novidade e cuidem da saúde dos seus ouvidos. Fica a dica da série Vitamina MP3.

Marcelo Lopes
Sobre Marcelo Lopes 263 Artigos
Historiador, produtor cultural, escritor, artista gráfico e técnico-analista em projetos culturais.

2 Comentários

  1. The full report dives deep into NB’s history, culture and values. It also provides vision and initiatives for our global sustainability, social and community efforts.
    Since our beginning in 1906, and with our first pair of running shoes in 1938, New Balance has been committed to moving the world physically, emotionally and intellectually. With over 4,100 associates worldwide, and New Balance product available in over 120 countries, we strive to make an impact in three broad areas.
    Our global responsible leadership movement is based on our company and our associates giving back, moving the environment forward and encouraging people to act as catalysts and coaches.
    It is with great pleasure that New Balance presents its first comprehensive Responsible Leadership report.

    http://dilrrbot.fruitblog.net
    http://mblg.tv/knbnvcsx
    http://derbots.269g.net
    http://cherk.269g.net
    http://fun2013a.269g.net
    http://chatingost.wordpress.com
    http://lisusjt.wordpress.com
    http://ameblo.jp/shadowaaa
    http://kmntras.hazblog.com
    http://calablogger.it/dirlinx
    http://maruta.be/ribbtes

  2. The full report dives deep into NB’s history, culture and values. It also provides vision and initiatives for our global sustainability, social and community efforts.
    Since our beginning in 1906, and with our first pair of running shoes in 1938, New Balance has been committed to moving the world physically, emotionally and intellectually. With over 4,100 associates worldwide, and New Balance product available in over 120 countries, we strive to make an impact in three broad areas.
    Our global responsible leadership movement is based on our company and our associates giving back, moving the environment forward and encouraging people to act as catalysts and coaches.
    It is with great pleasure that New Balance presents its first comprehensive Responsible Leadership report.

    http://lisusjt.tumblr.com/
    http://lvedgcty.tumblr.com
    http://amoxlmay.tumblr.com
    http://pilamnhm.tumblr.com
    http://ximeliskza.tumblr.com
    http://aiqiushildl.tumblr.com
    http://yexinshdlma.tumblr.com
    http://sdfjapan.tumblr.com
    http://usldluzdi.tumblr.com
    http://sadscvvfd.tumblr.com
    http://zhendkklb.tumblr.com

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*